INÚTEIS


Só se pode mexer em coisas úteis. O ser humano, por exemplo, é inútil, então deve ser deixado quieto. O que faremos de útil no paraíso? Nada, suponho. A utilidade é coisa de corpos. Tudo o que tem alma foge da utilidade. O que clama por utilidade é o corpo. Quem quer ganhar dinheiro e fazer algo concreto pela humanidade é o corpo. A alma se importa com a beleza, as mil sutilezas do espírito e tudo o mais que for bem inútil para o corpo. O corpo trabalha para a alma. Quem dá 40 mil em um relógio compra tudo menos um relógio, pois aparelho que marca horas, no camelô, tem por 2 reais. São coisas que a alma obriga o corpo fazer. O corpo, por sua vez, só dá voz à alma depois que sua segurança está garantida. Não se vê quem ganha salário mínimo trabalhando duramente para quitar um relógio de 40 mil que comprou. Um pobretão que fizesse isso seria alguém que é pura alma.

Anúncios

Uma resposta para “INÚTEIS

  1. Excelente. A mim, afeito a coisas do oriente, me soa muito vêdico (ou védico, como quiser).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s