GÊNIO MIRIM

Mozart começou a compor ainda muito novinho. Sua primeira peça foi feita aos 3 anos de idade e ele a nomeou de “Valsa da Fralda”. Depois dessa, se seguiram a “Mazurca da Chupeta”, o “Minueto do Leite” e o “Scherzo da Mamadeira” e o divertido “Prelúdio do Alfabeto”. Já um pouquinho maior, fez o pequeno concerto “Meu dente de leite” e a grande “Sonata da Caxumba”. Aí, quando finalizava a “Fantasia das Espinhas”, seu pai chegou (aquele chato) e o convenceu a adotar para suas peças nomes tradicionais e cheios de números.

Anúncios

4 Respostas para “GÊNIO MIRIM

  1. Quanta bobagem!!!

  2. ai, quanto estrago os pais fazem na educação dos filhos, não? : )

  3. Salzburg era uma Cidade Encantada com esse moleque…(quase digo uma Disney, mas seria talvez uma Nárnia), qui sait?

  4. Nossa, como tem gente (anônima) sem humor por aqui!
    Eu acho que Mozart teve algum problema de crescimento e só foi apresentado ao mundo quando tinha uns 15 anos e disseram que ele tinha 5. O que não deixa de ser um fato notável, claro. Não consigo conceber que uma criança de menos de 10 anos tenha escrito óperas! Não dá, não dá. Eu estou chegando aos 30 e só rascunho textinhos no blogspot (e um ou outro quarteto de cordas muito mequetrefe). Nada que vá garantir que meu nome sobreviva mais do que uns meses depois da minha morte. Ó vida, ó azar! 😉
    Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s