AS VANTAGENS DE SER AZARADO

Um rapaz era azarado e muito feliz. Era assim, cada coisinha em que ele se metia ocorria exatamente como ninguém desejaria. Quando ia ao teatro, se sentava entre duas pessoas asquerosas, se ia ao Caribe, chovia. Esse padrão se repetia no trabalho, no ônibus, na faculdade, em toda sua rotina, em toda sua vida. No fim do dia, ele chegava a casa e escrevia no diário as desventuras do seu dia. Era feliz porque tinha controle de tudo, sabia que sempre aconteceria algo muito desagradável. E quando ocorria, ele ria e comentava consigo “eu sabia, eu sabia”. Era um espectador do próprio drama, que é uma boa forma de transformar o drama em comédia. Um dia, um dia não, uma semana, uma semana não, foram exatamente duas semanas, aquele padrão de azar parou de se repetir. Ele começou a ter sorte, a receber o dinheiro que lhe deviam, a ser elogiado no trabalho, a receber convites de belas garotas, enfim, a escassear assunto para o seu diário de desventuras, já não dizia “eu sabia, eu sabia” de si pra si e começou a ficar irritado, pois sentia que perdera o controle da própria vida. Não teve dúvida, no décimo quinto dia de sorte, quebrou os espelhos da casa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s