BRIGA

Não brigue estando com raiva. Ela estupidifica. Só brigue quando estiver totalmente calmo. No meio de uma discussão, quando você perceber que a tal está ficando acalorada, peça um tempo: “desculpe, estou ficando com raiva, não vou brigar com você”. O outro, muito compreensivelmente, responde: “puxa, que pena, então fique calmo logo para podermos brigar direito, eu poderia continuar, pois estou totalmente calmo. Ah, que frustrante, não via a hora de te quebrar todo…”. E você responde: “ah, mas eu não sou bobo de brigar com raiva, seria o mesmo que ir ao supermercado com fome, você acaba gastando mais do que deveria, quando tiver calmo, eu volto e te dou uma surra”. E o outro: “eu é que ia destruir isso que você chama de cara, seu merda, você não vale nada, rapaz, você é um paiaço, vem cá que eu te arrebento, seu babaca”. E você diz para seu adversário que agora é ele quem está com raiva e que realmente deveriam parar a briga. E você sai frustrado, logo agora que tinha ficado calmo e pronto para a briga. Eu, por exemplo, que fico enraivecido muito facilmente, jamais brigo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s