OS MILAGRES DA CIÊNCIA

Um crente de verdade, aquele que é pura fé, pode escolher entre a cura terapêutica ou a cura pela fé (queria ver os médicos não baixarem os preços de suas consultas e os laboratórios os preços de seus remédios). O milagre é a verdadeira verdade inconveniente. E segue o “embuste” da religião abastecendo o mundo de esperança e a razão da ciência destruindo vidas. Apesar da grande capacidade que tenho de duvidar, a fé não me pede tanto esforço e eu contemplo suas provas. A descrença me exige mais, e, então, duvido muito mais da descrença, coisa que os céticos são incapazes de fazer, pois eles têm a inquebrantável certeza de sua descrença, logo, pensando bem, têm muito mais fé que eu. Essa gente não sabe mesmo o que é duvidar. Deveriam aprender com os crentes. A ciência tem dogmas, a dúvida é um deles. A religião tem saberes comprovados, a esperança é uma delas.

Anúncios

Uma resposta para “OS MILAGRES DA CIÊNCIA

  1. Estava em uma discussão sobre Ciência estes dias e percebi que certas pessoas têm uma fé absurda no método científico.
    E depois acreditam que as pessoas de fé são crentes irracionais que fazem tudo o que o Papa manda.
    Bom, se compararmos um cético a um crédulo, pelo menos este último acredita na existência de Deus e coloca sua fé no que Jesus Cristo disse para fazer.
    Mas os céticos colocam sua fé em homens. Descartes, Darwin, por aí vai. Estes homens são quase deuses para algumas pessoas.
    Eu, hein!
    Tô voltando!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s